May 13, 2019 Bruna Silva 0Comment

Entenda se é possível consumir suplementos na idade avançada

Muito se engane quem acha que existe uma idade limite para começar a investir na saúde. A suplementação na idade avançada é uma realidade cada vez mais presente entre as pessoas que querem construir um estilo de vida melhor.

Porém, é preciso ter em mente que nem todo suplemento pode ser ingerido pelos mais velhos. Afinal, com o passar do tempo, o corpo começa a apresentar algumas deficiências e existem produtos que podem atrapalhar mais que ajudar.

Ao longo desse artigo, você entenderá melhor os benefícios e os riscos da suplementação na idade avançada. Assim, você terá um material melhor para conversar com um profissional da saúde e avaliar quais são as melhores opções para você. Então vamos começar?

Confira abaixo os 3 benefícios da suplementação na idade avançada:

Ganho de massa muscular

Ao envelhecer, nossos músculos começam a perder força. O uso de suplementos pode ajudar a reconstruir essa massa muscular e fortalecer o corpo como um todo. Principalmente quando aliada à prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada, os suplementos podem ser bastante benefícios para recuperar a forma do corpo.

Mais disposição ao longo do dia

Os principais componentes da maioria dos suplementos também são responsáveis por manter os níveis de energia do corpo. Assim, você evita a fadiga e o cansaço que são característicos da terceira idade.

Recuperação de vitaminas e minerais essenciais

Existe um tipo de suplemento conhecido como multivitamínico. Esses produtos são responsáveis por fornecer os nutrientes e vitaminas essenciais para o funcionamento do organismo, já que nem sempre nosso corpo produz esses componentes.

Com a idade avançada, a tendência é que a deficiência desses minerais aumente. Portanto, suplementar com um multivitamínico para pessoas acima de 50 anos pode ser uma ótima ideia para melhorar a saúde!

Quais são os riscos da suplementação na idade avançada?

Da mesma forma que os suplementos podem ser benéficos, existem também alguns riscos aos quais você deve prestar muita atenção antes de começar a ingerir os produtos.

Um dos principais riscos é o fato de que a cafeína presente nos suplementos pode aumentar a pressão, o que já é uma condição muito comum em idosos. Esse aumento pode causar desconfortos como tremedeiras, dores de cabeça e mais.

Alguns suplementos também oferecem o risco de diabetes, já que eles aumentam a quantidade de insulina no sangue. Por último, vale mencionar que a suplementação sem nenhum tipo de supervisão pode causar doenças cardíacas e até mesmo derrames.

Como saber se eu posso fazer a suplementação na idade avançada?

A melhor forma de garantir que você vai ingerir os suplementos sem prejudicar a saúde é consultando um profissional. Um nutricionista e até mesmo um clínico geral são capazes de avaliar as suas condições de saúde e verificar se os componentes do suplemento vão beneficiar a sua saúde, em vez de prejudicar.

Da mesma forma, a prática de exercícios físicos na idade avançada também deve ser supervisionada. Com a fraqueza dos músculos e a deficiência de vitaminas, existe a chance de que você sinta desconfortos e acabe causando algum problema maior.

Portanto, se você quiser construir um estilo de vida mais saudável, procure um profissional de confiança. Com a avaliação do seu estado geral, será possível indicar os melhores suplementos de acordo com a sua necessidade e garantir que a prática não trará nenhum efeito colateral para o seu corpo.

Se você ainda tiver dúvidas sobre a suplementação na idade avançada, aproveite o espaço abaixo para deixar suas perguntas. Não se esqueça também de compartilhar esse artigo em todas as suas páginas nas redes sociais.

Obrigado!

Veja aqui mais artigos como esse 😉