December 13, 2019 Bruna Silva 0Comment

O bruxismo é um transtorno da cavidade oral que afeta muitas pessoas, seus motivos por sua vez estão enquadrados em fatores relacionados a genética, problemas físicos e sintomas psicológicos.

Contudo, o que ocorre é um atrito entre os dentes durante o sono, a pessoa com bruxismo cria o hábito de ranger os dentes, a ponto que ocorra um desgaste dos mesmos.

Quando acontece durante o dia, esse transtorno ganha outro nome, de briquismo.

Estima-se que cerca de 80% da população sofre ou já sofreram com o bruxismo, sendo este um dos problemas mais comuns atendidos por dentistas.

QUAIS AS PRINCIPAIS CAUSAS DO BRUXISMO

Como trouxemos anteriormente, este é um problema que afeta muitas pessoas, algumas delas se dão conta do problema, quanto outras não relatam o ato ocorrido, já que sucede durante o sono.

Uma das principais causas do bruxismo está relacionada ao fator psicológico que apresenta indicativos através da sintomas da ansiedade e da alta exposição a situações estressantes ou muita tensão.

Todavia, é importante averiguar quais os fatores externos e internos estão acometendo este acontecimento, bem como, analisar toda sua rotina de alimentação e atividades físicas.

Outra questão que pode influenciar um dos problemas na cavidade oral é a má formação da mandíbula, ocorrendo assim a dificuldade de oclusão da boca.

QUAIS OS SINTOMAS E AS CONSEQUÊNCIAS DO BRUXISMO

Os sintomas relacionados ao bruxismo são bem perceptíveis, além do ranger aparente dos dentes durante o sono, podem ser observados os seguintes efeitos:

  • Desgastes notórios do esmalte e dentina;
  • Uma hipersensibilidade nos dentes;
  • Dores na mandíbula por esforço realizado na mastigação;
  • Sensação de dentes amolecidos e tensão nos músculo da boca, principalmente ao acordar;
  • Dor de cabeça e no pescoço;
  • Em alguns casos podem ocorrer zumbido no ouvido;
  • Alteração no sono também podem ser observadas.

Todos esses sintomas podem ser observados pelo paciente ou pelo dentista, já que alguns casos o bruxismo pode afetar até as restaurações e coroas dentárias.

Por isso, as consultas regulares com o seu dentista podem ajudar no diagnóstico e podem indicar os tratamentos necessários para amenizar o problema.

QUAIS OS TRATAMENTOS INDICADOS

O diagnóstico preciso do bruxismo é realizado por um médico ou profissional dentista, através de uma avaliação clínica e exame de polissonografia capaz de indicar qual o grau do transtorno.

No entanto, para o bruxismo não existe uma cura comprovada, mas sim, tratamentos que ajudam a aliviar os sintomas.

Alguns medicamentos podem ajudar no controle do estresses e dos níveis de ansiedade, esses são chamados de ansiolíticos, porém, só devem ser recomendados através do exame médico.

Para as pessoas que não são adeptas à medicação, o tratamento da ansiedade e estresse, quando for um dos causadores do bruxismo, pode ser tratado com um psicólogo através de psicoterapia.

Em outros casos, com a indicação de um dentista, o uso de placas interoclusais de silicone ou acrílicos podem ser moldadas para evitar o atrito entre os dentes.

Para ajudar ainda mais no seu tratamento, mude sua rotina diária acrescentando alimentos mais saudáveis a sua dieta e exercícios físicos regularmente para controlar os efeitos do estresse diário.

O açúcar e a cafeína aumentam os níveis de ansiedade, em alguns casos, isso também pode estar prejudicando transtornos como o bruxismo.

.