February 6, 2020 Bruna Silva 0Comment

Os benefícios de uma massagem vão além da vaidade e do relaxamento do corpo, pois as técnicas também são utilizadas no tratamento de doenças e recuperação de movimentos na fisioterapia. Conheça o guia completo sobre o que é massoterapia, quais as suas indicações e como é realizada.

O que é massagem terapêutica?

O termo massagem terapêutica abrange toda uma série de técnicas de massagem utilizadas no tratamento de distúrbios neuromusculares e musculoesqueléticos, facilitando a eliminação de toxinas, ativando a circulação sanguínea e linfática e melhorando o suprimento de oxigênio aos tecidos. Eles também são usados ​​para aliviar o estresse e o humor negativo, pois estimulam a produção orgânica de endorfinas.

Efeitos fisiológicos da massagem terapêutica (dependendo do tipo de manobra)

A massagem é uma ferramenta poderosa para o benefício do complexo psicofisiológico do paciente. Aqui estão os efeitos positivos gerais da aplicação de massagem:

·         Ação mecânica nos tecidos

·         Aquecer, estimular e desenvolver os músculos

·         Estimular ou acalmar o sistema nervoso (efeito antálgico)

·         Distender e relaxar os músculos

·         Melhorar as aderências e tornar os tecidos mais flexíveis

·         Melhorar a circulação, eliminar exsudatos orgânicos

·         Tem ação reflexa no sistema nervoso

·         Melhorar o bem-estar psicológico.

Indicações de massagem terapêutica

A massagem e suas variações, é provavelmente uma das ferramentas terapêuticas mais poderosas que existem, são universais e eficazes para reduzir ou eliminar várias condições que prejudicam a saúde do corpo humano. A massagem pode atuar sobre:

·         Doenças musculoesqueléticas

·         Doenças reumáticas (exceto fases agudas)

·         Doenças neurológicas: periférica (paralisia, distúrbios tróficos, espasticidade) e central (estresse, insônia, distúrbios psíquicos, exaustão)

Contra-indicações de massagem terapêutica

Embora seja uma técnica maravilhosa, é importante saber quando elas não podem ser aplicadas ao paciente, para não prejudicar ou piorar seu estado de saúde nos casos de:

·         Doença aguda

·         Inflamação aguda

·         Período agudo de trauma, entorses, contusões, derrames articulares

·         Flebite precoce e fragilidade vascular

·         Feridas abertas

·         Infecções de pele

Tipos de tratamentos em que a massagem terapêutica pode ser aplicada:

Nesta perspectiva, a massagem terapêutica possui diferentes aplicações que incluems:

·         Todos os tipos de doenças e lesões musculares.

·         Processos de recuperação física após períodos de imobilização ou inatividade forçada.

·         Eliminação da retenção de líquidos.

·         Tratamentos para remoção de gordura localizada.

·         Melhorar a dor e a mobilidade das articulações.

·         Manter a elasticidade muscular.

·         Lutar contra a tensão nervosa.

·         Evitar insônia.

·         Aliviar a dor.

·         Reduzir a ansiedade.

·         Acelerar a recuperação de lesões nos tendões e ligamentos.

·         Aumentar energia e vitalidade.

·         Promover o processo de digestão e evitar a constipação.

·         Combater a fadiga.

·         Corrigir problemas posturais, etc.

A massagem terapêutica é realizada manualmente, transferindo a energia mecânica das mãos do fisioterapeuta para os tecidos das áreas do corpo trabalhadas em cada caso.

Principais tipos de técnicas e massagens terapêuticas

A massagem é um método antigo para aliviar a dor e o estresse que a maioria das culturas do mundo praticou. Esses procedimentos podem envolver não apenas manipulação física dos tecidos do corpo, mas também técnicas de relaxamento.

A massagem pode fazer uso de aplicações de calor e frio na pele, ou loções para ajudar a deslizar as mãos ou ferramentas sobre a pele.

Os diferentes tipos de massagem são descritos brevemente abaixo. Diga ao seu massoterapeuta sobre suas condições de saúde, como exemplo, se tiver artrite. Mostre a ele o local afetado antes da sessão ser iniciada.  

Antes de se submeter a qualquer tipo de massagem, verifique com seu médico se não há nenhum problema no seu caso.

Massagem sueca

Massagem sueca é o tipo mais comum, em que muitas pessoas pensam quando ouvem a palavra “massagem”.

Esse tipo de massagem envolve movimentos extensos e fluidos nos músculos e tecidos, a fim de reduzir a dor e a rigidez nas articulações e músculos, ansiedade e melhorar a circulação.

 Existem cinco movimentos básicos nos quais a técnica se baseia: deslizar ou esfregar as mãos pela pele, fazer pressão no músculo, batida rítmica com as juntas ou dedos, fricção profunda e vibração ou agitação do corpo.

Os massoterapeutas ajustam a pressão de acordo com a sensibilidade da pessoa e geralmente usam óleo ou loção.

Massagem profunda

Esta massagem envolve a manipulação das camadas superior e inferior dos músculos e tecidos, exigindo pressão intensa e concentrada do massagista. Massagem profunda do tecido é usada para reduzir a tensão ou dor nos músculos e tecido conjuntivo. Pode ser doloroso, por isso não é apropriado para pessoas com artrite.

Massagem com pedras quentes

Muitos spas oferecem essa opção, que consiste em colocar pedras quentes e lisas nas costas enquanto o cliente está deitado de bruços.

O calor reconfortante das pedras é transferido para os músculos e tecidos, liberando tensão e promovendo relaxamento. Normalmente, o terapeuta amassa os músculos à mão, além de colocar pedras quentes na pele.

Outras modalidades são pedras frias, que podem ajudar os músculos doloridos devido a lesões relacionadas ao exercício ou inchaço. Alguns massoterapeutas usam pedras quentes e frias para contrastar a massagem ou para diferentes propósitos de cura.

Massagem Ayurvédica

Ayurveda é uma filosofia hindu que combina yoga, meditação, massagem e ervas. A massagem ayurvédica também é conhecida como abyanga, e é realizada em todo o corpo com a aplicação de óleos aromáticos escolhidos por suas propriedades supostamente espirituais e curativas.

Massagem japonesa

Uma das inúmeras técnicas originárias dos países do leste é a massagem japonesa, na qual os músculos e outros tecidos moles são amassados.

Não são necessários óleos. É baseado na ideia de que a energia que flui no corpo pode ser interrompida ou bloqueada. Aqueles que praticam essa técnica acreditam que massagear os músculos e tecidos pode restaurar esse fluxo e a capacidade natural do corpo se curará.

Massagem tailandesa

Esta técnica funde a massagem com a colocação do corpo em poses de ioga durante a sessão. A técnica varia dependendo da região da Tailândia em que foi formada. Algumas técnicas trabalham mais alongamento e flexibilidade, enquanto outras aplicam pressão nos músculos e articulações.

Lomi Lomi

A lomi lomi vem do Havaí e é aplicada em vários países do Oceano Pacífico (Polinésia). É considerada uma prática de cura que pode incluir dieta, oração, meditação e outras técnicas, além da massagem dos músculos e tecidos.

Liberação miofascial

Esta técnica visa aliviar a dor através da manipulação da fáscia, tecido conjuntivo que envolve músculos, vasos sanguíneos e nervos. Durante a sessão, o terapeuta estica e libera os tecidos conjuntivos, rolando suavemente as costas, pernas e outras áreas do corpo, de cima para baixo. Não são utilizados óleos, loções ou ferramentas de massagem.

Reflexologia

A reflexologia é um método alternativo de cura asiática, baseado na crença de que a aplicação de pressão em áreas específicas das mãos e pés restaurará a saúde de outras partes do corpo. Por exemplo, pressionar o dedão do pé deve curar dores ou lesões cerebrais. Seu objetivo não é apenas aliviar a dor ou estimular a cura, mas também reduzir o estresse e a ansiedade.

Rolfing

O rolfing é semelhante à liberação miofascial e faz parte da filosofia de cura chamada integração estrutural, inventada por Ida Rolf, em meados do século XX. Este procedimento se concentra em mover o corpo em determinadas posições e manipular a fáscia.

O objetivo do Rolfing é promover relaxamento e combater a dor, além de melhorar a postura e a amplitude de movimento.

Auto-massagem

A auto-massagem é amassar suas próprias articulações doloridas, pontos de pressão ou músculos usando mãos, juntas, cotovelos ou ferramentas de massagem.

Essas ferramentas podem ser mecânicas para oferecer calor ou vibração, ou você pode criar dispositivos com objetos caseiros, como bolas de tênis.

Massagear áreas de difícil acesso, como as costas, pode ser complicado, mas é possível auto-massagear pés, joelhos, panturrilhas, mãos, pescoço ou braços.

Shiatsu

É uma técnica de massagem japonesa em que os terapeutas exercem pressão sobre pontos específicos do corpo usando os dedos e as palmas das mãos em movimentos rítmicos e contínuos.

Como qualquer outra massagem e filosofia de cura oriental, considera-se que o shiatsu restaura o fluxo de QI, ou energia de cura do corpo. Não são necessários óleos. Geralmente o paciente permanece completamente vestido durante a sessão.

Massagem no ponto de gatilho

Este tipo de massagem é projetado para aliviar a dor em áreas específicas do corpo, usando pressão ou vibração nos pontos de gatilho miofasciais.

Uma massagem no ponto de gatilho que inclua injeções deve ser feita apenas em consultório clínico, de quiropraxia ou de fisioterapia.

Os pontos de gatilho são locais nos músculos onde às vezes se formam nós, e a pressão localizada visa relaxar esses nós e reduzir a dor.

 Foi observado que, com injeções de agentes anestésicos como a lidocaína, a terapia é muito eficaz para dores crônicas no músculo esquelético, mas outras técnicas de pontos-gatilho não usam agulhas.

Antes de participar de qualquer sessão de massagem é preciso conversar com seu médico para que saiba quais as restrições e indicações, de acordo com o seu estado de saúde.